09 março 2018

[Vida de Leitor] - Você troca seus livros?

|| ||
Oi Amoras e Amores. Falar sobre troca de livros é complicado. Nesse caso, podemos separar os leitores em três tipos:

  • Os que trocam todos os livros. Vão lendo e trocado;
  • Os que trocam alguns livros. No meu caso, me encaixo aqui. Tenho alguns livros marcados pra troca, mas com conversa e dependendo do quanto quero algum livro, tudo é conversado, mas esses leitores, assim como eu, tem aqueles livros que não troca de forma alguma;
  • E os leitores que não trocam livros, quanto mais melhor.
Concorda comigo? Enfim, eu acho que é direito de cada pessoa fazer o que quiser com seus livros. Eu fiquei muitos anos aterrorizada com a ideia de trocar livros. Eram meus bebês! Mas ai eu fui percebendo que guardava comigo livros que eu não pensava em reler, que somente ficariam na estante. Ai caiu aquela linda ficha: Porque não trocar os que eu não quero ler/reler por livros que realmente me interessam? E foi assim que eu me tornei uma pessoa que está sempre fazendo rotação de livros na estante.
Como eu disse ali nos tipos de leitores, tem livros que eu mantenho sempre comigo, os favoritos, os não lidos (embora tenha alguns não lidos disponíveis pra troca), os que preciso reler pra saber se ainda gosto e quero manter... Enfim. Tem aqueles que não troco.
Eu troquei recentemente pelo Skoob um livro que consegui de uma troca no Skoob. Recebi, li, gostei, resenhei, guardei no coração e o livro se vai e traz um novo. Mesmo que eu tenha gostado do livro, mas não tenha intensão de reler, ele se torna um livro negociável.
Lembrando que eu estou falando das minhas experiências com trocas. Todas elas aconteceram pelo Skoob. Alguns livros eu entro em contato com a pessoa solicitando, em outros a pessoa entra em contato comigo. No Skoob você pode trocar livros pelo sistema de créditos deles. É assim, quando alguém te solicita um livro e você envia, recebe um crédito, ai você pode usar esse crédito para solicitar algum livro que você queira de usuários que usem o plus. Esse método é bem seguro porque a pessoa só recebe o crédito quando envia o livro, então a chance de ficar sem seu livro é bem pequena. O problema é que pra fazer solicitações, antes alguém tem que solicitar algo seu. Eu costumo oferecer por mensagem livros que estou trocando para pessoas que marcam ele como desejado. Eu fiz uma troca assim e funciona bastante bem. Todas as outras trocas eu fiz livro por livro. Como funciona o livro por livro? Vamos lá.
A troca livro por livro funciona assim: Ou você manda mensagem pra pessoa ou ela te manda. Eu geralmente vou no livro que quero e o Skoob fala quais pessoas querem trocar ele. Ai eu mando mensagem pra essas pessoas falando que tenho interesse no livro tal. Ai a pessoa vai e olha minha estante de troca, se nada interessar a ela, eu peço pra dar uma olhadinha nos livros que tenho. Ai se eu concordar e a pessoa concordar, vocês podem trocar fotos de suas edições e ai o envio é feito. Pode os dois enviar no mesmo momento, um querer esperar chegar o livro pra depois enviar, ou combinarem um momento melhor pra fazer o envio. Isso cabe as pessoas que estão trocando. Eu nunca tive problemas trocando livro assim, sempre chegam livros em bom estados (um até novinho, nunca lido) e, mais importante, chegam. O problema de fazer a troca assim é que se não receber o livro, não tem nada legal que você possa fazer, já que ocorre fora do Skoob plus. Sugiro que converse bastante com a pessoa com quem fará a troca.
Ficou um post bem desconexo, vamos concordar, mas acho que eu consegui mais ou menos falar pra vocês o que eu pretendia. Acho que em resumo, o que eu pretendia era falar pra vocês que é muito legal trocar livros. É meio que essa vibe minimalista de manter com a gente somente aquilo que faz bem. No meu ponto de vista, é muito melhor tem alguns livros muito bons do que ter infinitos livros que não te agradam.
Ae, conta pra mim se você troca seus livros. E se troca, como troca? Em sebos? No Skoob? Algum outro site perdido por ai que eu ainda não conheço? O que você faz com os livros que lê e não gosta? Vamos bater um papo sobre livros aqui nos comentários. Eu sempre respondo tudo o que vocês comentam. Se quiser ver os meus livros pra troca, segue aqui o meu Skoob. Eu costumo atualizar a lista de trocas no final do ano, porque ai dá pra adicionar o que não gostei tanto no ano. Um beijo grande de brigadeiro e até a próxima.



32 comentários:

  1. Sou do tipo que não troca livros e quanto mais melhor hahaha. Sou super apegada aos meus livrinhos, mas eu empresto de vez em quando :)

    Beijos
    caroldoria.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Carol
      Eu gosto de emprestar livros. Mas eu tenho algumas regras pra isso, mas isso vira post logo.
      Beijos

      Excluir
  2. Até o momento eu nunca troquei livro, mas confesso que sou meio desapegada com ALGUNS, o que significa que eu acabo dando para alguém depois de ler ou penso em vender depois :) Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi
      Eu era muito apegada com meus livros, mas ai perceber que tinha estante muitos livros que eu não gostava, sabe? E isso não faz sentido, principalmente nesse momento que vivemos onde buscamos vidas mais minimalistas e tals.

      Excluir
  3. Eu não consigo trocar nenhum livro! Mesmo os que eu li e não gostei, gosto de mantê-los comigo, como uma parte da minha vida mesmo! Hehehe
    Acho que deve ser muito prático trocar e vantajoso financeiramente também mas pra mim não dá!

    Beijos
    BLOG COISA E TAL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fêh
      Existem leitores e leitores. Eu já penso que se eu ficar mantendo na minha estante livros que eu não gosto, eu sinto como se eu lesse somente coisas ruins. Tem muitos livros na minha estante que eu fico naquela dúvida sobre trocar ou não, porque não foi incrível, mas não foi ruim, sabe?
      Beijos

      Excluir
  4. Oi Lary, adorei o tema do post! Eu não costumo trocar livros, confesso rsrsrss é que trocar com quem eu não conheço sempre me dá receio, mas tenho visto muita gente usar o skoob sem problema nenhum. Enquanto não quebro essa barreira, vou doando e fazendo sorteios pra não acumular muitos.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi
      São outras ótimas formas de não acumular muita coisa. Pra mim a troca é mais vantajosa porque tento não comprar livros, porque já tenho vários, mas trocar é okay hehe
      Beijos

      Excluir
  5. Oii, gostei bastante do texto, no começo, eram meus bebês, mas, como tu falou, quero manter comigo os que eu amei a história mesmo, e o resto eu doei (uns 30 livros), dai comecei a trocar no skoob mesmo que valeram a pena, vou te visitar no skoob hehe

    Beijos
    www.mandyliine.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mandy
      Eu não sei se consigo doar uma quantidade dessa. Vez ou outra, se estou em lugar público, gosto de ter comigo um livro que já li, ai deixo em algum lugar pra ser encontrado, mas toda essa quantidade de uma vez... Meu Deus.
      Beijos

      Excluir
  6. Oi, Lory
    Eu sou do tipo que troca! Pra mim não adianta ter um livro que eu provavelmente nunca lerei na estante, por isso sempre procuro passar pra frente, e geralmente dá certo por causa do Skoob.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi
      Eu penso assim também. É tão legal olhar pra estante e ver livros tão especiais.
      Beijos

      Excluir
  7. Eu queria ser do tipo "vai trocando e lendo", mas, infelizmente ainda não tenho com quem trocar meus livros, não sabia como começar a fazer isso e nem sabia que era possível fazer trocas pelo skoob, sou nova na rede.
    Eu não consigo reler livros, então, como você, eu acabo achando muito triste meus exemplares ficarem parados na estante, até por que, não tenho vontade e nem espaço para desenvolver uma biblioteca pessoal, talvez por isso que eu prefira ler livros digitais.
    Gostei do post, não achei desconexo, achei informativo ;)
    Beijo, www.apenasleiteepimenta.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leslie
      Ainda estou me adaptando aos eboos, mas acho eles uma incrível solução pra nossos problemas com espaço pra guardar livros, mas eu sinto que nunca vou deixar de ter livros físicos. Não precisa não guardar livro algum, mas ir se desfazendo, aos poucos, de livros que não gostou muito é bem bom.
      Beijos

      Excluir
  8. Oi, Lary!
    Eu nunca troquei um livro pelo skoob, mas não mantenho os livros que eu não penso em reler comigo. É claro, tem uns que eu não me desfaço por nada, mas esses eu penso em reler ou acabei nutrindo um amor muito grande por eles.
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thami
      Você é mais ou menos como eu. Tem livros que eu sei que não vou reler, mas tenho um amor tao grande que não penso em me desfazer. Mas estou me desapegando cada vez mais.
      Beijos

      Excluir
  9. Antigamente, mantinha todos os livros que ganhara ou comprara e de que tinha gostado.
    Depois, comecei a me livrar (dar, trocar em sebos, doar) daqueles de que gostara, mas não muito. Hoje, só guardo livros se forem:
    - De Stephen King ou Clive Barker (todos);
    - Excepcionalmente bons de qualquer autor;
    - Livros de não ficção que considero "de referência" (filosofia ou que ensinam alguma coisa importante e nos quais posso querer voltar)
    Ainda assim, volta e meia, aqueles livros parados na estante, aqueles livros que talvez nunca mais sejam lidos e cumpram sua função de livros, me assombram...
    Um dia, se eu me tornar um ser humano melhor e conseguir abandonar essa vaidade besta de ter coisas que não vou usar, passo meus SKs e CBs adiante... enquanto isso, deixa eu olhar pra eles um pouco mais. :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jorge, segura na minha mão, tudo vai dar certo. Eu nem penso em ser esse ser humano evoluído, porque não funciona comigo. Eu sou do tipo que ama alguns livros tão fortemente que, mesmo que nem saiba mais se gosto deles, tenho ali, principalmente quando ganhei esses livros de alguém. Pra mim, o livro vai acumulando valor emocional.

      Excluir
  10. Oi, Lary! Já troquei e já doei livros. Antigamente, eu era bem desapegado. Passava para frente todos livros que tinha, depois comecei a montar minha mini biblioteca em casa. Acho bacana trocar e doar livros: é uma forma de fazer as histórias circularem. Recentemente, enviei um livro meu para o projeto Leitura no Vagão. É bem bacana. Eles colocam o livro no metrô para quem quiser ler, levar para casa e devolver.
    Abraço
    Blog do Ben Oliveira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ben
      Eu acho esses projetos incríveis. Tem o esqueça um livro, que é bem legal também. Você deixa ele em qualquer lugar pra alguém encontrar.
      Abraço

      Excluir
  11. Oi Lary!

    Eu não troco meus livros, até mesmo porque a maioria foram presentes, e eu acho deselegante se desfazer de algo que foi dado com tanto carinho.

    Mas dos livros que tenho, todos que eu li eu gostei. Os que eu não gostei foram pegos emprestados em bibliotecas.

    Ah , e tem alguns que eram do meu esposo, e se juntaram aos meus. Um deles que li duas vezes e eu gosto muito é o "Meu primeiro golpe de Estado", que eu fiz resenha no blog inclusive (link aqui).

    Mas eu empresto os meus livros para algumas amigas (algumas inclusive estão com livros meus há anos, e até hoje não me devolveram).


    Bom, é isso!! Um abração!!
    Hospedaria de Palavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amora
      Eu empresto livro também, mas sou bem seletiva quanto as pessoas para quais emprestar.
      Eu não costumo trocar livros que ganho, mas também não vejo sentido em guardar livros que não gosto.

      Excluir
  12. Eu leio e dou para quem ainda não leu , mas ando pretendendo guardar e emprestar para quem quiser ler ! haha

    Beijos , http://fazfavordonalia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Da pra ser meio termo hehe. Eu empresto também. Mas só pra quem conheço.
      Beijos

      Excluir
  13. Oi Lary! Assim como você me enquadro no segundo tipo de leitor. Tem livro que não troco, não empresto de jeito nenhum. Por outro lado, a maioria dos livros que leio e não tenho intenção de reler ou não gostei eu costumo disponibilizar para troca. Não vejo muito sentido em acumular livro que a gente não gostou ou não tem vontade de ler/reler... Também utilizo o skoob e já doei alguns livros para a biblioteca pública da minha cidade.
    Beijos
    http://www.numrelicario.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Erika
      Esses sistema funciona bem pra mim. Eu guardo o que gosto, me desfaço do que não quero mais... Eu já doei pra biblioteca da minha antiga escola.
      Beijos

      Excluir
  14. Já fiz trocas incríveis pelo Skoob Plus, mas acabei me decepcionando algumas vezes também, por isso não ando me animando mais para fazer trocas. Mas amo a ideia de livrar as nossas estantes de livros que não gostamos mais para dar espaço a novos favoritos. <3

    Beijos,
    literarizandomomentos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi
      Ter decepções é triste mesmo. Eu ainda não passei por nenhum perrengue, mas sempre estou ai na possibilidade de da merda.
      Beijos

      Excluir
  15. Admito que morro de ciúmes dos meus livros. Até mesmo aqueles que não gostei tanto, ficam guardadinhos na estante. Então trocar? Nem pensar haha! Amei o seu cantinho, estou seguindo.
    Te convido para conhecer o meu cantinho www.paraisopessoal.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi linda
      Como eu disse no texto, eu era assim também, mas com o tempo fui mudando esse pensamento e fui percebendo que é muito melhor manter comigo somente o que me faz bem.

      Excluir
  16. Confesso ser bem apegada aos meus livros, do tipo que tem ciúmes até de emprestar, rs. Fico com medo da pessoa não ter o mesmo cuidado que eu tenho. E a minha pequena coleção só tem livros que me trazem sentimentos bons, então por enquanto não havia pensado em trocar. Mas, como tu disse, quem sabe com os que eu não tenha uma experiência ruim eu não troque, né? Gostei do tema do post, me fez pensar nessa possibilidade.
    Um beijo!

    https://sonhosaposdezoito.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Liz
      Eu não acho errado quem quer manter os livros por perto. Eu optei por ter uma estante mais rotativa, mas também super entendo quem quer ver a coleção sempre aumentar.
      Beijos

      Excluir

Quer conversar comigo? Me mande um e-mail: vidasempretoebrancocontato@gmail.com
♥ Chegou até aqui, não custa comentar ;)
♥ Se deixar o seu link clicável, eu vou retribuir seu comentário, pode ter certeza;
♥ Não faça spam. Apagarei com certeza.
♥ Se tiver alguma dica, crítica ou o que for, pode deixá-la aqui, mas faça com jeitinho, sou sensível.
♥ Para saber o que respondi, ative a caixa de notificações de próximos comentários.
Cada comentário me deixa muito feliz.
Beijos de brigadeiro

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Vidas em Preto e Branco - 2015. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo do blog.
Criado por: Marcy Moraes.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo