26 junho 2017

Sim, eu vou falar sobre 13 reasons why

|| ||
A internet toda já se manifestou sobre a série. Muitos adoraram, outros acharam um desperdício de tempo. Eu faço parte de um seleto grupo que viu, gostou mas mesmo assim vê alguns problemas na série. 
Sim, vou falar sobre os gatilhos da série. 
Quem sofre ou já sofreu com depressão deve ter um cuidado maior com a série, assim como adolescentes que sofrem bullying. Porquê? Por que a série mostra uma pessoa que sofreu bullying, desencadeou uma depressão por conta disso e outros vários fatores e encontrou sua única solução no suicídio. E aqui eu devo deixar uma mensagem muito importante: SUICÍDIO NUNCA DEVE SER UMA OPÇÃO. 
Eu já tive depressão por diversos motivos que não vem ao caso hoje, mas posso vir a abordar futuramente. Por conta disso, assisti a série com muita cautela e sem ver tudo de uma vez e revezando com outras séries engraçadas e leves. Isso me ajudou muito, até eu chegar em um ponto que não queria mais intercalar e me senti confortável assistindo vários episódios em sequência. 
Mas vamos falar sobre a série em si. 
A série, como todos já devem saber, é baseada no livro homônimo. Eu não li o livro, então não vou comparar. 
Ela retrata não somente suicídio e bullying, mas também alcoolismo, homossexualidade, estupro, o descaso das escolas com os estudantes, o descaso de muitas famílias com os seus adolescentes. Como podem ver, não tem nada leve nessa trama. 
Muitas pessoas falaram que só conseguiam distinguir passado e presente por conta da cicatriz do Clay e acredito que esse tenha sido um recurso bem importante usado pelos produtores, mas eu identificava pelas cores. O passado era mais alaranjado, com queres mais quentes. O presente era azulado, com cores frias. Acho que também foi proposital e, a meu ver, mostrava um pouco como Clay passou a ver as coisas após a perda da Hannah
Os episódios são longos, com quase uma hora cada. Eu achei esse tempo okay e necessário em muitos episódios, mas acredito que outros poderiam ter sido mais curtos.
Sobre os porquês, temos que entender que era a visão da Hannah sobre os fatos. Uma coisa que não vi ninguém comentando e acho muito importante é que a sua verdade não é necessariamente a minha. A minha versão dos fatos provavelmente será diferente da sua. Assim como a visão da Hannah era diferente da visão dos envolvidos. Ainda não sei se acho que a Hannah quis se vingar enviando as fitas. Acredito que ela apenas quis contar o que ela viveu para que, de alguma forma, as coisas pudessem mudar e vemos que isso pode ser possível. 
O Bryce... Sim. Temos que falar sobre os muitos Bryces que existem por ai. O Bryce é aqueles muitos caras ricos (ou nem tanto) que são populares na escola, que a família e os professores passam a mão na cabeça e por conta disso eles acreditam que podem ter tudo o que quiserem, quando quiserem. No caso do Bryce da série, o que ele queria era sexo. E é ai que entram os dois estupros relatados na série. Ambos dolorosos e desconfortáveis pra assistir. Eu nunca passei por isso e espero nunca ter que passar. Meu emocional não é dos melhores e eu não sei como levaria a vida caso algo assim viesse a acontecer. Espero que na segunda temporada haja alguma justiça. 
Não vou falar de porque por porque nesse momento. Acho que vale ver a série pra descobrir o que acontece. 
Mas vou falar sobre o Clay. O Clay é o porquê que não é um porquê. Ele a amou, amou mesmo, mas não teve coragem de declarar seu amor. Existem muitos Clays por ai. Eu sou parte Clay, e você também. O Clay se omitiu. Ele estava lá, mas não estava. Acho que ele é uma lição muito importante pra que a gente diga o que sente enquanto é possível. Talvez, o seu Bom dia, pode mudar toda uma vida,  assim como aquele Eu te amo que você sente medo ou vergonha de dizer.
Ficou um pouco mais longo do que o esperado e eu não falei nem metade do que eu queria, então já fiquem sabendo que a série pode aparecer aqui novamente, em novas discussões, abordando temas diferentes. Tem muito a ser discutido a respeito. 
Eu não sei se indico a série pra todo mundo. Eu acho que ela é necessária, acho que devemos discutir o assunto e, principalmente, acho que devemos prestar mais atenção ao nosso redor, amar mais, disseminar amor. 
Eu chorei ao longo da série e chorei muito depois que acabou. Eu tenho um filho que, um dia, será um adolescente. Meus maiores medos são que ele não converse conosco sobre o que acontece na escola e na vida dele e que ele seja o porquê na vida de alguém ou que existam pessoas porquês na vida dele. Por isso o tema deve ser discutido dentro de casa. 
A Netflix fez um documentário chamado "Tentando entender os porquês", com os produtores da série, atores e psicólogos. Vale muito a pena assistir. Pra mim, esse documentário foi o que fez a série toda valer a pena.
Como eu disse, ainda tem muito a ser discutido envolvendo a série. Acredito que logo virei falar mais sobre o assunto, que precisa ser discutido.








Quem assistiu a série, conversa comigo aqui em  baixo. Fala o que achou da série, o que espera para a segunda temporada, se já leu o livro... A discussão sobre o tema deve continuar.  Continuem ela aqui. Se você sofre de depressão, busque ajuda profissional. Não é vergonha buscar ajuda. Quando você quebra o pé, você vai ao ortopedista, certo? Então se você sofre de algum mal  em sua mente, vá a um psicologo, psiquiatra. E se quiserem conversar com alguém, meu e-mail estará sempre aberto a ouvir desabafos.
Um beijo no coração de cada um de vocês. Até a próxima.

12 comentários:

  1. Eu não assisti, mas tinha visto varios trailer curtos no youtuber. Acho que a seria assim como filmes que tratam de suicidio é para alertar a todos e mostrar que o suicidio não é a solução. Mas como é uma serie, eles podem ou vão tratar isso aos poucos ...

    Uma serie que sou vicia é Game Of Thrones apesar dos pesares que falam da nudes o enredo é maravilho, gosto mas assim.


    www.chovendorisos.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá
      Eu não sou fã de Game of Thrones. Entendo tudo o que envolve a série, mas não faz meu tipo...

      Excluir
  2. Nao assisti não sei se consigo mas confesso que fiquei muito curiosa viu até mas 😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu assisti com muito cuidado, mas recomendo que assista, com precaução. Ela aborda temas muito importantes.

      Excluir
  3. Eu achei a série muito importante. É uma série que eu adorei mas não pelos mesmos motivos que estou acostumada a gostar de outras séries. Adorei porque fala de um assunto que deve ser falado e é forte, sem pegar leve e passar a mão na cabeça de quem agrediu a Hannah. As pessoas precisam ver isso e aprender que seus atos tem consequências. Porém não é uma série que pode ser assistida por todos, eu que não estava passando por problemas quando assisti a série não conseguia ver mais de um episódio por dia. É muito pesada. Mas acho que o que deve ser feito é conscientizar sobre a série e falar para quem está passando por dificuldades não assisti-la, porque no geral é uma série ótima.
    Beijo!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também curti a série por isso. Ela taca a verdade na sua cara e ai é com você absorver tudo o que ela envolve. Tem que ter uma precaução, mas é muito boa.
      Beijos

      Excluir
  4. Oi Lary

    Eu assisti a série e como ja tive depressão e também fui molestada então eu assisti a serie aos poucos ,entre filmes de comedias e pulei umas partes fortes.
    Eu achei que a série desenvolveu o tema mais profundamente do quebo livro que me abalou bastante.

    Sobre a mudança de iluminação para distinguir futuro do passado eu nã9 pode observar porque assisti pelo celular e eu diminuo o brilho da tela para economizar energia , então meu unico apoio foi o machucado mesmo

    Nào estou muito ansiosa para outra temporada,mas shippo muito o Bruce com a cadeia.

    Alias ja ia me esquecendo ,como você disse é muito importante desmonstrar que você gosta de alguém.Um bom dia pode melhorar muito a vida de alguém e hoje eu vim aqui te falar algo que espero que te alegre.
    Te indiquei para o "Premio Mistery Blogger".Você merece

    Beijos

    Prêmio Mistery Blogger

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Babi
      Primeiro, obrigada pela indicação. Indo conferir agora mesmo.
      Menina... Que tenso isso que aconteceu contigo. Se acaso precisar de alguém pra conversar, pode vir falar comigo, okay? Sou uma boa ouvinte e costumo dar bons conselhos.
      Eu gostaria de uma segunda temporada pra que mostrasse que o suicídio nunca é a solução porque ele afeta também as pessoas a seu redor.
      Beijos

      Excluir
  5. Eu já vi a série vezes. A primeira vez não gostei, mas a segunda vez, quando vi fiquei totalmente rendida pelo facto de ter a Kate Walsh :)
    www.styledays.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá
      Eu gostei muito da escolha de elenco. Acho que todos ficaram muito bem em seus papéis.

      Excluir
  6. Eu já assisti, e concordo com a sua opinião!

    http://www.vinteoutonos.com/

    ResponderExcluir

Quer conversar comigo? Me mande um e-mail: vidasempretoebrancocontato@gmail.com
♥ Chegou até aqui, não custa comentar ;)
♥ Todos os comentários são respondidos e retribuídos, normalmente nas quartas e domingos;
♥ Não faça spam. Apagarei com certeza.
♥ Se tiver alguma dica, crítica ou o que for, pode deixá-la aqui, mas faça com jeitinho, sou sensível
Cada comentário me deixa muito feliz.
Beijos na bochecha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Vidas em Preto e Branco - 2015. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo do blog.
Criado por: Marcy Moraes.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo