09 setembro 2015

Resenha #54 - Cisne

|| ||
Livro cedido para resenha em parceria com a autora. Todas as opiniões contidas aqui são minhas e somente minhas. Recebi esse livro alguns dias depois do nascimento do Miguel e isso fez com que a leitura demorasse um pouco pra engatar, mas quando peguei o ritmo, foi que foi.

Prepare-se para embarcar no mais moderno veleiro solar da Terra, mas não apenas por ser um veleiro que vive em alto mar e passa por vários locais de pertubações climáticas, mas pelos seus tripulantes. A 'pequena' família Melbourne te aguarda para uma maravilhosa aventura, começando com a expectativa de ingressar na renomada escola de Camp-Bleux.
Tente não reparar na quantidade de páginas desse monstrinho. Abra-o e embarque nesse novo mundo.
Aventure-se com piratas, astronautas, cientistas e extra terrestres. Descubra a maravilha que é conviver com gêmeos idênticos e o trabalho em família.
O Cisne é um grande veleiro solar, casa e laboratório de nossa humilde família. Henry e Doris são biólogos marinhos, formados por Camp-Bleux. O casal é pai de Teo e Ted, Tim e Tom, Pam, Lis e Bobby, além de terem adotado a querida Peggy. Peggy tem muitos segredos, alguns que até ela própria desconhece.
Teo e Ted são os mais velhos, tem 16 anos. Tom e Tim tem 15. Tim é de longe a alegria e sofrimento da tripulação. Está sempre fazendo brincadeiras e pregando peças. Pam tem 14 anos, assim como Peggy. Lis tem 13 e Bobby tem 8. Todos são ótimos tripulantes, mas também vivem fazendo brincadeiras e arrumando confusão, principalmente quando se trata de seus nomes verdadeiros.

A opinião da Lary sobre o livro...

Todas as personagens da Eleonor são bem construídos. Se você tem dificuldade para recordar nomes de personagens, sugiro que faça a leitura com um caderno para ir anotando os nomes e, porque não, seu papel, sua ligação com a família Melbourne.
Eleonor nos apresenta os Tarilanos, nossos vizinhos solares. Pois é. Tem vida no nosso sistema solar além da terrestre. Três tarilianos são enviados a bordo do Cisne e aposto que vocês irão odiar ao menos um deles, ao menos no começo. Mas não é só no nosso sistema que tem vida em contato conosco. Mas isso vocês terão descobrir.
Mesmo com esse papo de outros mundo, vocês se surpreenderiam com a existência de um império Atlante? Pois é. Eu me surpreendi.
Detalhe lindo de cada capítulo. Todos tem a imagem da capa
Bom, mesmo sendo mundos bem parecidos, as relações entre Terra e Tarilian não são as melhores e parece que tudo sempre está a um fio. Por alguns momentos de intensa agonia, o futuro dessa relação fica na mão de Henry e Doris. Impossível não ficar agoniado e apreensivo, torcendo pra tudo dar certo.
Enquanto é contato o dia a dia dos Melbourne, também ficamos conhecendo um pouco sobre os outros integrantes da unidade 1-5-0. É incrível como todos eles estão conectados de alguma forma.
Acredito que já perceberam que Cisne é recheado de aventura e de fantasia. E a maior parte do livro é assim mesmo. Mas quem gosta de romance, principalmente aqueles bem construídos, garanto que vão vibrar. Fazia tempo que eu não me empolgava tanto com um primeiro beijo.
Nunca senti tanto medo de dar spoiler em uma resenha. O livro é bem grande, mas eu não sei o que posso contar sem estragar as surpresas. Então vou parar por aqui.
Resumidamente bem resumido, Cisne é o livro perfeito pra quem gosta de aventura, ação, ficção científica e pra quem, assim como eu, acredita que, um dia, o mundo será um lugar melhor.

Ficha Técnica...

Título: Cisne
Autora: Eleonor Hertzog
Editora Mundo Uno
726 páginas
Nota: **** (4/5)
Nota no Skoob: 4.6

O livro cumpriu itens do Desafio Literário? Sim
Quais?
Um livro de literatura brasileira
Um livro com mais de 500 páginas
Um livro escrito por uma mulher
Um livro de uma série
Um livro ganho


Concluindo: Cisne é um livro empolgante e cheio de fantasia. Perfeito para quem gosta de ficção científica, aventura e de famílias enormes. Não ganhou a nota máxima porque a romântica aqui sentiu falta de mais romance. Bolei várias teorias românticas, todas brutalmente apagadas pela Eleonor.

6 comentários:

  1. Oi, Lary.
    Acho que seria uma leitura muito agradável pra mim,
    pois gosto muito de livros de aventura e ficção.
    Apesar de ser um livro grande, acredito que o leria rapidamente.
    Abraços.
    Diego || Diego Morais Viana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Diego
      A leitura dele é bem fluida. Como disse, demorei pra engatar na leitura porque a maternidade estava muito recente e eu estava me adaptando. Depois de um tempo, foi de vento em polpa.
      Forte abraço

      Excluir
  2. Oi, Lary!
    Pelo que percebi, parece ser um livro bem recheado na medida certa. Muito bom quando o livro é assim, né?! Nem dá vontade mesmo de parar a leitura. Adorei conhecer esse livro e saber que é uma autora nacional muito talentosa.

    Beijo.
    livrosdawis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Wis
      É uma leitura bastante agradável, com aventura, mistério e tudo o que torna uma leitura agradável. A Eleonor é incrível e merece muito mais destaque.
      Beijos

      Excluir
  3. amei a sua resenha, e amei tudo o que o livro tem <3 quero p ontem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você vai amar Ca. Leia ele o quanto antes haha

      Excluir

Quer conversar comigo? Me mande um e-mail: vidasempretoebrancocontato@gmail.com
♥ Chegou até aqui, não custa comentar ;)
♥ Todos os comentários serão retribuídos quando eu voltar de viagem;
♥ Não faça spam. Apagarei com certeza.
♥ Se tiver alguma dica, crítica ou o que for, pode deixá-la aqui, mas faça com jeitinho, sou sensível
Cada comentário me deixa muito feliz.
Beijos na bochecha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Vidas em Preto e Branco - 2015. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo do blog.
Criado por: Marcy Moraes.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo