18 dezembro 2014

Resenha #36 - Destino

|| ||

Depois de cinco meses (=0) sem trazer resenha para vocês, voltei com a resenha de Destino, primeiro livro da trilogia escrita por Ally Condie. Estou com algumas resenhas prontas para postar para vocês. Vou tentar ir intercalando uma Resenha com um post diverso, pra não cansar ninguém. A próxima, é de Travessia, continuação de Destino. Não contem spoilers, então pode ler sem medo ;)

A opinião da Lary...


Sou completamente apaixonada por distopias, embora neste livro a autora tenha dado muito destaque ao romance e menos informações sobre a Sociedade que ela criou, algo que me deixou bastante chateada, já que a Sociedade é bem complexa e poderia ser explorada de inúmeras formas. O ambiente criado pela autora trata de uma sociedade futurística onde a própria Sociedade escolhe tudo para você, o que você come, onde estuda, onde mora, com quem se casa... Eles garante sua vida, um bom emprego, um par com o qual seus filhos tenham bom genes e até mesmo garantem uma morte cercado das pessoas que ama, com 80 anos, o considerado suficiente para ter uma vida plena antes de começar a se sentir inútil.


Acontece que quando Cassia vai conhecer seu par, no Banquete do Par, a tela que deveria mostrar seu par permanece apagada por alguns instantes antes de se iluminar e mostrar o rosto de seu melhor amigo. Como é muito raro acontecer de seu Par morar no mesmo bairro que você, logo Cassia e Xander viram notícia. No dia seguinte ao banquete, quando Cassia resolve checar o cartão com as informações de seu Par, após o rosto de Xander aparecer, a tela se apaga e outro rosto conhecido aparece.
Cassia nunca desconfiou da Sociedade, sempre confiou neles e sempre soube que eles sabiam o que era melhor para ela, mas agora dúvidas começam a rondar sua mente. Achei bem interessante a proposta da autora e ela criou um lugar bem diferente, onde eu não gostaria de viver. É bacana observar uma menina obediente e certa de sua vida ir percebendo que, na verdade, as coisas não precisavam ser como eram e que sua Sociedade perfeita possui falhas.
Sim eu escrevo nos livros meu nome, telefone, data que ganhei e de quem ganhei.

O romance criado pela autora é leve, sem parecer forçado. Embora se trate de um triângulo amoroso e eu já esteja um tanto quanto cansada de triângulos amorosos, é bem bacana poder observar as atitudes de Cassia com cada um dos garotos. Ky, o sono do outro Par possível para Cassia, vai aos poucos se revelando para ela. Quando ela descobre um dos maiores segredos de Ky, não o julga, apenas escolhe deixar que ele conte ou não esse segredo a ela. Ela vai permitindo se apaixonar por ele, mesmo sem perceber. É tão fofinho.
Sobre a capa maravilhosa: Tem tudo a ver com a história! Adoro ir lendo um livro e perceber que a capa tem tudo a ver, tem uma harmônia total com a história. O vestido verde utilizado por Cassia em seu banquete do par é retratado com perfeição. É um livro muito bom que, embora possua falhas, merece ser lido.

Pra ficar com vontade...


 "_Eu usei um vestido verde._Verde - diz ele, olhando para mim. - Eu nunca vi você vestida de verde._Você nunca me viu vestida com nada que não fosse marrom ou preto. -digo a ele. - Roupas comuns marrons. Roupa de nadar preta - disparo._Retiro o que disse - diz ele depois, quando ouvimos o apito. - Já te vi de verde sim. Vejo você de verde todos os dias, aqui nas árvores." Cassia e Ky, pág 180


Ficha técnica...


Título: Destino
Título original: Matched
Autora: Ally Condie
Editora: Suma das Letras
239 páginas
No Skoob
Nota: **** (4/5)

14 comentários:

  1. Adorei a resenha Lary ! Você me deixou com vontade , quem sabe compro ele ! Enfim , que tal fazermos parceria? Eu sei que aqui não é lugar para comentar mais eu estava com o tempo corrido hoje ! Hahaha se quiser é só falar que a gente conversa!
    http://letrasemvida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A trilogia sempre tá em promoção no Submarino. Quando comprei, tava 25 reais os três. Vale a pena. Indo lá no seu blog pra conversar.
      Beijos

      Excluir
  2. De vez em quando me bate uma vontade de ler esses livros e a sua resenha foi ótima, então, no momento estou com vontade de lê-los hahaha
    Adorei o post!
    Leitora nova, seguindo e amando o blog.
    Beijos.
    Se puder, dá uma olhadinha no meu blog: Blog Palavrear-se :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu morria de vontade de lê-los, por que tinha me apaixonado pela capa. Ai eles apareceram em promoção e convenci o maridinho a comprar hehe. É uma leitura muito gostosa. Obrigada por acompanhar, flor. Espero que goste.

      Excluir
  3. Adorei a resenha e me deu vontade de ler e com certeza será um dos 52 livros pro ano que vem (que por sinal também tirei a ideia do seu blog) estou amando o blog
    ah, tem uma indicação do teu blog lá no meu, espero que goste

    http://pinkisnotrose.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que minha dica de ler 52 livros por ano conquistou alguém *-* A trilogia toda é bem bacana. Encontrei algumas falhas, mas isso é porque sou muito chata kkkk. Espero que aprecie a leitura. Desde já, agradeço a indicação.

      Excluir
  4. Adoro ler mas confesso q ando meio preguiçosa ultimamente kkk,

    quem sabe em 2015 não volto a ser Mais literária! ;)

    Curti a dica do Livro!

    Obrigada por comentar no Blog ♥Assuntos de Menina♥

    SEJA SEMPRE BEM-VINDA!

    Fazendo parte de suas Redes Sociais, venha fazer parte das minhas também e acompanhar as Novidade em 1ª Mão.. ;)

    Blog ♥Assuntos de Menina♥ http://jus2bruamoreterno.blogspot.com.br/

    FANPAGE: https://www.facebook.com/blogAssuntosdeMenina

    INSTAGRAM: http://instagram.com/jus2bruamoreterno

    Beijinhús,

    ♥Assuntos de Menina♥
    By: Juliana Paula A. Dias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Preguiça literária é super normal e até mesmo aceitável haha. O que importa é não desistir nunca, não abandonar pra sempre esse hábito tão bom que é ler.

      Excluir
  5. Oii, sou muito fã de Distopias e já tinha colocado esse livro na minha lista. Achei muito interessante essa sociedade criada pela autora, pena que pelo visto ela foca mais no romance =/
    Um abraço
    Oficina do Leitor / Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Daniel. Senti falta da autora explorar mais a Sociedade. Nos dois livros seguintes, dá pra ter uma ideia melhor de como tudo funciona, mas, mesmo assim, acho que ela poderia ter explorado muito mais.

      Excluir
  6. Eu estava enrolando pra ler esse livro, mas depois da sua resenha dei uma animada! Estou precisando ler uma distopia e acho que vou pegar esse. Só foi ruim focar demais no romance. Geralmente preciso qdo o romance é só um charme a mais e não tem um papel muito grande. :-/

    Samara - www.infinitoslivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou apaixonada por romances, mas se estou lendo uma distopia, prefiro que foque no que a autora criou e não em romance. Nada contra, mas já tem romance pra quem quer romance. Mesmo assim, o livro vale muito a pena.

      Excluir
    2. É isso que penso tbm! Qdo quero romance, pego um romance pra ler. Se peguei uma distopia é pq quero algo diferente. Quero ver o mundo que a pessoa criou, quero detalhes sobre o que aconteceu para chegar ao ponto que chegou. Os autores de distopia têm pecado nisso e não tão evoluindo o "mundo" que criam!

      Excluir
    3. Quando eu li Jogos Vorazes, fiquei encantada, porque a autora conseguiu explicar bem o universo do filme, os motivos para o mundo estar como estava e o motivo das ações das personagens.

      Excluir

Quer conversar comigo? Me mande um e-mail: vidasempretoebrancocontato@gmail.com
♥ Chegou até aqui, não custa comentar ;)
♥ Todos os comentários são respondidos e retribuídos, normalmente nas quartas e domingos;
♥ Não faça spam. Apagarei com certeza.
♥ Se tiver alguma dica, crítica ou o que for, pode deixá-la aqui, mas faça com jeitinho, sou sensível
Cada comentário me deixa muito feliz.
Beijos na bochecha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Vidas em Preto e Branco - 2015. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo do blog.
Criado por: Marcy Moraes.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo