11 dezembro 2017

Quatro motivos para ler Proibido e um para não ler

|| ||
Antes de mais nada tenho que dizer que Proibido foi um livro que desgraçou com a minha cabeça, me fez ficar em frangalhos, me fez chorar e até hoje aparece nos meus pensamentos do nada. Tenho também que dizer que eu gostei da história. Não sei se eu concordo com ela, mas acho importante existir esse tipo de livro sabe?
Anyway, vamos aos motivos para ler, ou não, Proibido.

Motivos para ler

. Ele fala sobre relações familiares
Tá que é uma família disfuncional, destruída e toda errada, onde crianças tem que aprender ser adultos pra cuidar de seus irmãos mais novos porque os pais estão muito ocupados sendo irresponsáveis. Mas mostra que existem diversos tipo de família.

. As personagens
As personagens do livro são tão bem feitos, tão bem criados que parecem reais. É como se durante a leitura rolasse um filme na sua cabeça e você consegue ver as cenas e as personagens nitidamente.

. A escrita
Continuando o tópico acima, a escrita da autora com certeza é um motivo pra ler esse livro. Ela soube dar a sutileza e a dureza necessárias para esse livro.

. A discussão que ele permite
Não importa se você vai achar o livro ridículo ou vai gostar, acontece que de alguma forma ou de outra ele vai gerar uma discussão, mesmo que interna, de um tema que dificilmente você já tenha pensado. E eu sou o tipo de pessoa que acredita muito em discussões saudáveis. 

Motivos para não ler

. Vai desgraçar sua cabeça
Fala de um assunto muito muito tabu. Acredito que todos saibam que o livro é sobre incesto. Aqui temos dois irmãos, que vivem juntos, se apaixonam. Eles realmente lutam contra isso, mas resolvem viver esse amor depois de ver que não adianta fingir que nada existe. E isso vai te deixar todo confuso porque você sabe que não era pra isso acontecer, mas acontece mesmo assim e ambos querem, sabe?

Esse foi o post de hoje. Algo bem diferente do que eu estou acostumada a fazer. Eu escolhi fazer esse post porque não me sentia nada segura para fazer uma resenha desse livro. E gostei bastante e pode ser que posts assim apareçam quando eu me ver novamente no dilema de não saber como fazer uma resenha de algum livro muito impactante. Espero que tenham gostado desse formato de post.
Um beijo grande a todos e até o próximo post.

2 comentários:

  1. Ja ouviu dizer que o nao proibitivo gera uma imediata vontade, quase necessidade? Pois bem, gracas a esse seu super post, quero ler esse livrooo kkkkkkkk Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é um livro muito bom. A frase da capa dele é: "Como algo proibido, errado pode parecer tão bom?"

      Excluir

Quer conversar comigo? Me mande um e-mail: vidasempretoebrancocontato@gmail.com
♥ Chegou até aqui, não custa comentar ;)
♥ Se deixar o seu link clicável, eu vou retribuir seu comentário, pode ter certeza;
♥ Não faça spam. Apagarei com certeza.
♥ Se tiver alguma dica, crítica ou o que for, pode deixá-la aqui, mas faça com jeitinho, sou sensível.
♥ Para saber o que respondi, ative a caixa de notificações de próximos comentários.
Cada comentário me deixa muito feliz.
Beijos de brigadeiro

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Vidas em Preto e Branco - 2015. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo do blog.
Criado por: Marcy Moraes.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo